A Basílica de São João de Latrão

Roma Cristã 0 102
A Basílica de São João de Latrão

Para além do Vaticano, Roma tem muitas basílicas de incalculável beleza e valor. Uma delas é a de São João de Latrão (San Giovanni in Laterano), que, juntamente com outros três templos, entre os quais a Basílica de Santa Maria Maior, integra as conhecidas quatro basílicas maiores de Roma.

Como chegar

A Basílica de São João de Latrão encontra-se no nº 4 da praça homónima, situada no limite do centro de Roma, no Rione (ou bairro) de Monti, o mesmo onde se encontra o Coliseu. Embora Roma seja ideal para caminhar sem necessidade de transporte, se se desejar, pode chegar-se até aqui em transporte público. A linha de Metro A (paragens Manzoni ou Re di Roma) e as linhas de autocarro números 16,51,85 e 87 chegam a escassos metros deste grande monumento.

Património

A Basílica de São João de Latrão é a mais antiga de Roma. Data do sec. IV, quando a família Laterani, desterrada pelo imperador Constantino, decidiu construir nessas terras a primeira basílica romana. Dois incêndios destruíram-na ao longo da sua história, mas apesar disto, manteve a sua forma primitiva. Foi o famoso Borromini, autor, dentre muitas obras, da igreja  de Santa Andrea della Valle, quem fez a última das suas reconstruções interiores em 1646. Um dos dados mais curiosos de São João de Latrão é que, até a sede papal ter sido deslocada para Avignon, no sec. XVIII, foi a residência dos pontífices máximos. Esta basílica em si mesma é um autêntico conjunto monumental, também conhecido por isso como o palazzo (palácio) lateranense. O claustro é um verdadeiro testemunho do seu passado, já que também nele se conservam  restos da primitiva basílica da época medieval.

Um dos maiores atrativos que tem São João de Latrão para os cristãos, são as escadas santas ou (scala santa) que conduzem até à porta que dá acesso ao próprio sancta sanctorum. Adjacentes ao edifício principal, estes 28 degraus foram trazidos de Jerusalém no ano 326 por Santa Helena, mãe de Constantino I. Pertenciam ao próprio palácio de Pôncio Pilatos e foi por elas que Jesus subiu em sexta-feira santa quando ia para ser julgado. Aconteceu que o contínuo passar de peregrinos fez com que estas escadas tivessem  de ser cobertas com madeira de nogueira, mas em certas partes há uma cobertura de vidro que permite ver o que podem ser restos do sangue de Jesus Cristo.

Que fazer na zona

A zona à volta de São João de Latrão tem numerosas coisas interessantes para ver e fazer. A escassos metros desta basílica, encontra-se a Piazza di Santa Croce in Gerusalemme onde se encontra a igreja com o mesmo nome, construída por Santa Helena. No seu interior, guardam-se alguns pedaços do lignum crucis de Cristo e um fragmento da inscrição de Pôncio Pilatos em latim, grego e hebraico. Caminhando mais para a frente, noutra praça, aparece a Porta Maggiore. Os seus arcos fizeram parte do aqueduto mandado construir pelo imperador Cláudio em 52 d.c. Mais tarde, esses arcos foram unidos à muralha aureliana, que são as antigas muralhas da cidade romana.

Nesta zona também se encontra o Museo Storico della Liberazione (Via Tasso, 145) dedicado à resistência italiana durante a II Guerra Mundial e o Museo degli Strumenti Musicali (Piazza di Santa Croce in Gerusalemme, 9). Um museu muito pouco visitado, mas de grande beleza, especialmente pela sua coleção de instrumentos da época barroca.

No mapa

Avalie esta reportagem

Gostou desta reportagem? Pode avaliá-la de 1 al 5. Obrigada pela sua colaboração.

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (No Ratings Yet)
Loading...Loading...

Pontos do Editor

  • Avaliação
  • Resultado

Classifique este artigo

  • Avaliação
  • Resultado

Artigos Relacionados

Adicionar comentário

O seu email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Reserva de hospedagem

Datas da estadia

Data de checkin

calendar

Data de checkout

calendar

Sem custos reserva
Cancelamento Gratuito

Experiências de viagem

Os melhores Links

Vaticano em Google+

VisitaroVaticano.com

O nosso site é uma guia do Vaticano para turistas e peregrinos. Oferecemos informação sobre as principais atrações, visitas guiadas, conselhos, transportes e muito mais.

Vaticano nas Redes Sociais

Contato

Você tem alguma dúvida, pergunta ou comentários?
Não hesite em entrar em contato conosco!
Envie um e-mail para
info@trafalgarnet.com